Os primeiros passos para aprender a tocar um instrumento são sempre os mais difíceis, os mais longos e, conseqüentemente, os que exigem mais esforços. Por isso, é sempre muito importante contar com um material de apoio com informaçõe e exercícios capazes de tornar o aprendizado prazeroso, seguro e com bons resultados. Aqui você vai encontrar teoria e técnicas fundamentais para você tocar melhor. São lições do básico ao avançado. Você vai ver solos, acordes, cifras, tablaturas, escalas, técnicas e efeitos...Tudo para você tocar as músicas que sempre quis e, claro, compor e criar seu própio som.
Tablatura
É um sistema simples para se escrever música para Guitarra, Violão, Baixo, Cavaco ou outro instrumento de corda com trastes. A tablatura não deve ser comparada com a partitura que tras muito mais informações sobre a música e exige do músico um conhecimento mais profundo. Na tablatura as linhas representam as cordas e os números as casas.
Partitura
Escrita tadicional da música num conjunto de 5 linhas chamado pauta ou pentagrama.
As notas são representadas por símbolos colocados sobre e entre as linhas da pauta. No início da pauta é colocado um síbolo que chamamos de clave. Usamos duas claves, uma para os sons agudos ( clave de sol ) e outra para os sons graves ( clave de fa ).

Exemplo
Clave de Sol
Clave de Fá
Notas na clave de Sol
Notas na clave de Fá
Escala Cromática
O sistema músical ocidental é composto por doze notas, 7 naturais e 5 alteradas.
Naturais: Dó, Ré, Mi, Fá, Sol, Lá e Si.
Alteradas: Dó# ou Réb, Ré# ou Mib, Fá# ou Solb, Sol# ou Láb, Lá# ou Sib.
Obs: As notas alteradas são conhecidas como enarmônicas por ter dois nomes e um só som.
Toque a escala, falando o nome das notas.


Dedos
Aula 01